O melhor conversor de vídeo

Esta é uma situação frequente para quem cria seu primeiro vídeo: após terminar a edição, o arquivo de vídeo é gigantesco. Às vezes, os arquivos finais ocupam centenas de megabytes, ou mesmo gigabytes de espaço.

Nessa hora, fica impossível fazer upload do vídeo para o YouTube, por exemplo. A única saída é diminuí-lo o máximo possível.

Mas como diminuir o tamanho deles sem estragar a imagem?

Como diminuir vídeos sem perder qualidade

Como diminuir o tamanho de um vídeo

Nesse artigo, veremos 3 maneiras de reduzir o tamanho do seu vídeo.

A primeira e segunda maneiras são para pessoas que estão editando seus vídeos em aplicativos como Adobe Premiere e Sony Vegas.

Nesses 2 casos, vamos mostrar as opções necessárias para garantir que o vídeo saia com o a melhor qualidade possível, diretamente do aplicativo de edição.

Dessa maneira, simplificamos o processo e evitamos a necessidade de um conversor de vídeo para o YouTube.

A terceira maneira de diminuir o tamanho do vídeo é usando um conversor de vídeo.

No caso, usaremos um aplicativo gratuito chamado Handbrake, que é o melhor conversor de vídeos atualmente.

Como diminuir um vídeo com o Adobe Premiere

O Adobe Premiere é um dos aplicativos de edição de vídeo mais usados hoje.

Além de ser extremamente capaz, a Adobe vem atualizando o Premiere constantemente com recursos inovadores, o que faz dele uma das melhores escolhas para a maioria dos trabalhos de edição.

Para exportar com uma boa qualidade direto do Adobe Premiere, basta seguirmos alguns passos:

Clique File > Export > Media

adobe_premiere_export

Escolha Format > H.264
Esse é um dos compressores mais avançados atualmente.

adobe_premiere_h264

Em Preset, escolha um dos últimos da lista, YouTube 1080p HD

adobe_premiere_youtube_preset

Vá até a opção Bitrate Settings e ajuste os valores de Target Bitrate e Maximum Bitrate para os seguintes valores:

Excelente qualidade (Recomendado pelo próprio YouTube)
Target Bitrate: 8
Maximum Bitrate: 8

Boa qualidade, arquivos menores
Target Bitrate: 4
Maximum Bitrate: 4

Mínima qualidade aceitável
Target Bitrate: 2
Maximum Bitrate: 2

Abaixo dos 2 Megabits por segundo, a qualidade ficará seriamente comprometida.

Se você quiser entender exatamente o que bitrate significa, confira nosso vídeo:

Porque meus vídeos demoram para fazer upload?

Como diminuir um Vídeo com o Sony Vegas ou Sony Movie Studio

Caso você use o Sony Vegas ou Sony Movie Studio para edição, os passos que irá seguir para obter um vídeo de excelente qualidade, mas sem acabar com todo o seu espaço em disco são os seguintes:

Gere o vídeo final, escolhendo

File > Render As

Escolha a opção Internet HD 1080p que está na categoria MainConcept AVC/AAC

sony_vegas_custom

Clique Customize Template…

Troque o Profile de Main para High

E ajuste o bitrate para os seguintes valores:

Excelente qualidade (Recomendado pelo próprio YouTube): 8 Megabits/segundo
Maximum (bps): 8,000,000
Average (bps): 8,000,000

Nota: O Sony Vegas/Movie Studio mostra os valores em bits por segundo, ao invés de megabits por segundo. Além disso, o separador de decimais em inglês é a vírgula. No caso acima, o valor é 8 milhões de bits por segundo, ou 8 megabits.

Boa qualidade, arquivos menores: 4 Megabits/segundo
Maximum (bps): 4,000,000
Average (bps): 4,000,000

Mínima qualidade aceitável: 2 Megabits/segundo
Maximum (bps): 2,000,000
Average (bps): 2,000,000

Como diminuir um cídeo com um software gratuito: Handbrake

Se você quer apenas reduzir o tamanho de um vídeo já editado, não é necessário usar nenhum aplicativo de edição de vídeos.

Nesse caso, a melhor alternativa é usar o Handbrake.

Este é o melhor conversor de vídeos para o YouTube atualmente. Ele utiliza uma tecnologia chamada X.264, que é capaz de obter imagens excelentes com tamanhos extremamente pequenos.

Ele não é um conversor de vídeo online: é necessário baixá-lo e instalar em seu computador. No entanto, ele é gratuito e roda tanto no Windows, Mac ou mesmo Linux.

Para baixá-la, acesse o site oficial: https://handbrake.fr/

Rode o aplicativo e esta é a primeira tela dele:

handbrake

Clique no primeiro ícone, Source. Escolha o arquivo de vídeo desejado.

Enquanto à primeira vista o Handbrake parece meio confuso, nós só precisamos ajustar 2 opções: na aba Video, existe um controle chamado Quality.

Ajuste a qualidade da seguinte maneira:

Qualidade de Blu-Ray, arquivos maiores
Constant Quality: 20

Qualidade Excelente
Constant Quality: 24

Qualidade Média
Constant Quality: 26

Qualidade Baixa, arquivos menores
Constant Quality: 30

Após configurar esse parâmetro, basta clicar Start e aguardar a conversão.

Caso o seu vídeo seja curto, ou você tenha um computador veloz, uma sugestão para melhorar mais a qualidade é em Encoder Options, arrastar a barra para a opção “slow” ou mesmo “slower”.

Isso fará a conversão demorar mais, mas irá gerar vídeos melhores.

Como estimar o tamanho do arquivo no Handbrake

Devido ao modo como o Handbrake trabalha, ele não oferece uma estimativa do tamanho final do vídeo (diferente do Adobe Premiere, por exemplo).

Caso tenha um vídeo muito longo (ex: 30 minutos), nossa sugestão é clicar no botão Chapters e escolher Seconds.

handbrake_seconds

Do lado deste mesmo botão, ele mostrará a duração do vídeo em segundos. No caso, você pode digitar um valor menor (exemplo: 60 segundos) e o Handbrake irá converter apenas trecho desejado.

Confira o tamanho do arquivo no Windows Explorer (ou no Finder, se estiver no Mac OS) e multiplique pelo número de minutos do vídeo completo.

Em nosso exemplo acima, bastaríamos multiplicar por 30 (minutos) para ter uma ideia aproximada do tamanho final.

Caso o vídeo fique muito grande, diminua o controle de qualidade em 2 ou 3 pontos. Repita o processo até conseguir o tamanho esperado.

Bônus 1: Dicas de Gravação para que os seus vídeos fiquem o menor possível

Como você deve imaginar, quanto mais detalhes o seu vídeo tiver, mais difícil é criar um vídeo pequeno.

Por causa disso, evite gravar contra fundos com muitos objetos, como folhas e árvores, por exemplo.

Caso vá fazer uma apresentação, o ideal é usar um fundo infinito, que nada mais é do que um papel ou tecido de uma cor única para o seu cenário.

Além de deixar os seus arquivos menores, o fundo infinito dá um ar profissional ao seu trabalho, mesmo que você esteja gravando em casa, sem cenários ou um estúdio.

Bônus 2: Plugin X.264 para o Adobe Premiere

O compressor X.264 é atualmente a melhor alternativa para criar um vídeo de excelente qualidade com o menor tamanho possível.

No entanto, caso queira usar essa tecnologia dentro do Adobe Premiere, é necessário adquirir um plug-in chamado TMPEGEnc Movie Plug-in AVC for Premiere Pro.

Esse plug-in permite exportar usando o X.264 diretamente do seu projeto no Adobe Premiere.

Infelizmente esse plug-in não é gratuito, mas para produtoras e freelancers que produzem muitos vídeos por semana, o investimento vale a pena.

Dúvidas? Deixe um comentário aqui abaixo

Acreditem: mesmo profissionais acabam cometendo deslizes em relação às esses compressores e conversores de vídeo.

Existem muitos parâmetros para ajustar e não é incomum modificá-los de maneira inapropriada para o seu vídeo.

No entanto, se seguir os passos acima, irá garantir vídeos com definição impressionante, todas as vezes!

E claro, se sobrar alguma dúvida, deixe ela aqui nos comentários. Tentaremos respondê-la da melhor maneira possível

19 respostas
  1. Flávio
    Flávio says:

    Olá Rafael, estou fazendo o curso VídeoXpress e suas dicas são sempre excelentes para reduzir ainda mais curva de aprendizagem na produção dos vídeos.
    Sou assinante Adobe CC que inclui o Premiere Pro e tenho duas dúvidas:
    1)- Mesmo com a opção formato H.264 nativa, é preferível usar a opção Open Source X.264?
    2)- Neste caso em qual formato devo exportar o arquivo.
    Obrigado.

    Responder
    • Rafael Perez
      Rafael Perez says:

      Olá Flávio

      Depende muito da velocidade da sua Internet, na verdade. Quando comprimimos os vídeos em bitrates próximos ou maiores do que 8 megabits/s, a diferença entre o Handbrake e o Premiere (que usa internamente o compressor H.264 da Mainconcept) é bém difícil de notar.
      Então na maioria das vezes, achamos que o processo de exportar o arquivo 2 vezes não vale a pena devido ao tempo extra necessário para as conversões.

      Mas como comentamos no vídeo, se a sua Internet for muito lenta, ou você tiver uma grande quantidade de vídeo para fazer upload, o passo extra no Handbrake valerá a pena, pois para arquivos menores do que 8 megabits, as imagens que ele irá gerar serão visivelmente melhores.

      Resumindo: Se você tiver uma boa velocidade de conexão com a Internet, não perca tempo convertendo 2 vezes. Caso contrário, use o Handbrake.

      Em relação à pergunta 2, sobre como exportar o arquivo para o Handbrake, eu mostro isso no vídeo.

      Responder
  2. Marcelo Luis
    Marcelo Luis says:

    Olá Rafael….muito boa essa vídeo-aula, parabéns pelas explicações e dicas do Handbreak. Gostaria de sugerir um assunto para um próximo post se possível, tenho muitas dúvidas com relação a “fluidez” de imagens em videos, gostaria de saber se existe alguma forma de diminuir os “tremidos” de imagens em movimentos.

    Gde abraço e desde já agradeço!

    Responder
  3. Mario Sobral
    Mario Sobral says:

    como conseguir tutorial para trabalhar com adobe premiere CS6…muito grato ficaria com vossa contribuição, seria para dar aulas para jovens carentes..!!

    Responder
  4. Jose Netto
    Jose Netto says:

    Olá Rafael,

    Muito obrigado pelo aula! Vai ajudar bastante. A dúvida é nas outras opções do Handbrake. Não tem nada mais que valha a pena mexer??? Na própria aba de vídeo, na parte de baixo tem optimize video e algumas opções. Pode comentar um pouco a respeito delas?

    Muito obrigado,

    José Netto

    Responder
  5. Douglas G Oechsler
    Douglas G Oechsler says:

    Olá tudo bem.
    Gostei das dicas do handbrake já que edito meus vídeos somente no linux e o handbrake tem para a plataforma linux também. Uso o openshot video editor que na próxima versão será disponível para win e mac. Apesar dele ser simples, é bastante intuitivo, prático e a versão 2.0 virá com muitos mais ferramentas. Outro que o pessoal usa muito no linux é o kdenlive. Quem quiser conhecer, um cara que usa bastante ele é o diolinux, basts procurar no youtube. Ele faz um bom uso da ferramenta.

    Obrigado pelas dicas.

    Douglas

    Responder
  6. Heron Silva
    Heron Silva says:

    Rafael, gravei um video excelente e nítido no OpenBroadCast (OBS), esse video de 37′ fica em torno de 780mb. Quando importo ele para o Camtasia 8, e o renderizo colocando ele com birate de 2000kbs, ele fica regular, e piora quando a camera do video é moviementada, o video fica embaçado. Nisso, vou aumentando os bitsrates, e a melhor opcao foi Bitrate de 5000kbs, ocorre que o video fica em torno de 1.5Gb sem nenhuma edicao. Absurdo. Nao sei mais o que fazer, para ter videos otimos com tamanhos menores. Obridado.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *