Como Desfocar o Fundo dos seus Vídeos e Fotos

Criar um fundo desfocado é um tópico quente entre todos que estão criando vídeos atualmente.

Isso porque o fundo desfocado é uma presença natural e constante no cinema, e replicar esse visual faz nossos vídeos terem uma aparência mais profissional.

Recriar esse efeito não é muito difícil, mas algumas regras precisam ser seguidas.

exemplo_cinema

O fundo desfocado deixa cenas triviais com um aspecto mais profissional.

Fatores como o tipo de câmera, lente e a distância da pessoa em relação à câmera são muito importantes.

Por isso, daremos as dicas necessárias para você conseguir criar esse visual em vários tipos de câmeras, desde em uma câmera DSLR, numa filmadora (também chamada de camcorder) e mesmo em um celular.

Profundidade de Campo

O termo técnico para obter o efeito do fundo desfocado chama-se controle da profundidade de campo.

A profundidade de campo é a distância entre o objeto mais próximo e o objeto mais longe que irão estar em foco na imagem, que pode ser uma fotografia ou vídeo.

Profundidade de Campo

A imagem acima conta com apenas alguns centímetros de profundidade de campo.

Saber controlar o tamanho da profundidade de campo é a chave para conseguir uma foto com fundo desfocado (ou vídeo também).

O que causa o Desfoque

A primeira coisa que deve saber é que o desfocar o fundo de foto ou vídeo não é um recurso da câmera ou efeito digital (existem alguns aplicativos que simulam esse efeito, mas não é mesma coisa).

Esse visual acontece naturalmente, é um fenômeno óptico. Sob as condições corretas, é possível deixar o primeiro plano em foco (normalmente uma pessoa) e o fundo fora de foco (normalmente um cenário) respeitando algumas regras.

Existem 4 fatores principais que influenciam a quantidade do desfoque. Eles serão descritos do mais para o menos importante:

1 – Tamanho do sensor

Este é o fator principal para conseguir desfocar o fundo.

O sensor é a parte fotossensível da câmera. Ele transforma a luz em um sinal elétrico que posteriormente é convertido em uma imagem digital. Ele é o equivalente ao filme negativo das câmeras antigas.

sensor-canon-5d

 

Nada influencia tanto a profundidade de campo quanto o tamanho do sensor.

Quanto maior o sensor, mais fácil será desfocar o fundo.

Câmeras com sensores full-frame como a Canon 5D Mark 3, a Nikon D800, a Sony A7s são as preferidas nessa hora. Câmeras full-frame têm sensores grandes, maiores que os sensores de câmeras de cinema, inclusive! Por causa disso, obter esse efeito é fácil na maioria das DSLRs.

sensores

Note que o sensor de uma câmera profissional DSLR é maior do que de uma câmera de cinema digital. Isso permite desfocar facilmente o fundo, mesmo sem uma boa lente.

Por outro lado, câmeras de celular que têm sensores muito pequenos, menores que uma unha. Isso explica porque é tão difícil conseguir esse mesmo efeito num smartphone.

2 – Abertura da Íris

Uma das maneiras de controlarmos a quantidade de luz entrando numa câmera é aumentando e fechando o “buraco” por onde a luz passa na lente.

lens_opening

Um efeito colateral de se fechar ou abrir a íris é modificar a profundidade de campo. Quanto mais aberta a íris, mais desfocado será o fundo.

Todas as lentes são classificadas pela abertura máxima que elas suportam. Essa informação estará escrita na própria lente.

Diferentes-Lentes

Lentes com números menores que 2.8 (exemplos f/2.0, f/1.8 ou até f/1.4) tem íris que se abrem bastante, e isso ajuda a controlar a profundidade de campo.

3 – Distância Focal

Uma distância focal maior (popularmente chamado de “mais zoom”) também aumenta o desfoque.

Nesse caso, o truque é usar o zoom no máximo e afastar a câmera para reenquadrar a pessoa na imagem.

Se você usa lentes prime (com distância focal fixa), a lente com maior distância focal será que dará o efeito mais pronunciado. No exemplo abaixo, seria a lente de 135mm.

Sony-new-PL-mount-prime-lenses

 

LENTES PRIME

Quanto maior a distância focal, mais desfocado ficará o fundo.

Filmadoras normalmente têm lentes zoom poderosas, e isso permite que com a distância correta, seja possível desfocar o fundo da pessoa gravada.

Canon Vixia R600

LENTES ZOOM DE FILMADORAS

Não é incomum encontramos lentes com zoom 12x ou até mais em filmadoras. Isso permite recriar o fundo desfocado mesmo com elas tendo sensores relativamente pequenos.

Infelizmente smartphones têm lentes fixas, e isso acaba limitando muito as possibilidades criativas que podemos obter com as câmeras deles.

4 – Distância do Câmera ao Assunto

Quanto mais próximo o objeto (ou pessoa) em frente a câmera, mais desfocado ficará o fundo.

Considerando todos os outros 3 fatores acima iguais (mesma câmera e mesma lente), esse é o motivo de ser mais fácil obter o fundo desfocado com um close do rosto, do que uma fotografia de corpo inteiro.

DOF-Close-Up

Close-ups facilitam obter uma pequena profunidade de campo.

Fotos de objetos extremamente próximos à lente (fotografia macro) são também muito fáceis de deixar o fundo borrado e indefinido, mesmo usando smartphones.

Quando Desfocar o Fundo é uma Boa Ideia

Existem diversas razões para criar um fundo desfocado para o seu vídeo. É importante que você não use o desfoque simplesmente por que pode, mas por que é esteticamente vantajoso e também para passar a sua mensagem com mais eficiência.

Alguns motivos para desfocar os fundos são óbvios, outros nem tanto. Então vamos ver algumas razões que justificam o uso do desfoque:

Aumentar a Percepção de Valor da sua Produção

Inevitavelmente os espectadores relacionam o desfoque do fundo com imagens cinematográficas, e isto aumenta a percepção de valor do seu vídeo.

Na verdade, esta é a razão principal de casamentos e eventos em vídeo serem gravados em câmeras DSLR atualmente, colocando filmadoras praticamente em desuso nos últimos anos.

Exemplo-Casamento

Esconder um Fundo Feio

Esse motivo está relacionado diretamente com o anterior. Nem sempre nós podemos gravar com um fundo agradável. Pode ser a falta de um orçamento adequado para montar um bom cenário, ou simplesmente o azar de estarmos em um lugar onde o fundo realmente não ajuda.

Nestes casos, o desfoque irá esconder um fundo desagradável, que iria baixar o valor da sua imagem.

Eliminar Distrações

Muitas vezes é necessário gravar em locais onde o fundo pode desviar a atenção da nossa mensagem. Pessoas em movimento, desenhos, textos e até padrões como listras podem desviar os olhos do seu espectador.

Com o desfoque podemos eliminar estas distrações facilmente mantendo uma visão do ambiente.

Fundo-Desfocado---Distracoes

Mesmo uma via movimentada pode se tornar um interessante cenário quando controlamos a profundidade de campo.

Mostrar Objetos Sem Mostrar Detalhes

Houve uma ocasião onde um cliente pediu que filmássemos um apresentador com eletrodomésticos no fundo, mas as marcas não podiam aparecer.

Com um desfoque moderado, era possível identificar uma geladeira, um fogão, uma máquina de lavar louças, mas todos os logotipos eram ilegíveis.
DOF-Kitchen
Outro exemplo seria gravar com uma biblioteca ao fundo, mas sem mostrar o título dos livros.

Controlar o Olhar do Espectador

O uso mais comum do desfoque em cinematografia é quando dois atores estão conversando, ambos estão enquadrados, mas apenas um está em foco.

Apenas mudando o foco de um para outro é possível forçar o espectador desviar a atenção para um personagem diferente.

Planos Detalhe

Usar o desfoque pode ser uma boa maneira de criar tomadas rápidas e dinâmicas que podem ser usadas na edição depois.

DOF-Detalhes

É possível criar planos interessantes de objetivos simples, principalmente se for capaz de adicionar um leve movimento de câmera na cena.

Se você acha que seu vídeo pede uma destas razões, então o desfoque pode ser uma boa ideia para você.

Quando Desfocar o Fundo é uma Má Ideia

Como já discutimos antes, um fundo desfocado não é um remédio milagroso que funciona para qualquer problema. Na verdade, filmar com pouca profundidade de campo causam diversos problemas que podem ser muito incômodos e atrapalhar consideravelmente sua produção.

Você não deve desfocar o fundo quando:

A pessoa gravada estará se movimentando

Câmeras com sensor full-frame combinadas com lentes muito rápidas (ex: f/1.8 ou melhores), ficam com uma profundidade de campo muito curta.

Curta o suficiente para que filmando um rosto, a ponta do nariz esteja em foco, mas os olhos não.

DOF-Foco-Critico

Imagine neste caso se a pessoa começa a se movimentar para frente e para trás na cadeira (algo comum em entrevistas). Ele passa a entrar e sair da área de foco e seu vídeo começa a sofrer.

Grandes Movimentos de Câmera

Quando a câmera se mexe, o foco irá obviamente mudar de lugar. Filmar com a câmera em movimento e pouca profundidade de campo é uma receita quase certa para uma imagem fora de foco.

Se for movimentar a câmera, prefira pequenos movimentos ou então mantenha tudo em foco.

Filmando a Si Mesmo

Quando você está se filmando e tem que fazer o próprio foco, as chances de errar são enormes. E como deve imaginar, não existe nada mais frustrante do que ter que regravar um vídeo inteiro por ele ter ficado fora de foco.

Se sua câmera tem um sistema para focar remotamente (através de um smartphone por exemplo) as coisas ficam mais fáceis, mas ainda assim, tenha muito cuidado.

Preguiça

Muita gente usa o desfoque para poder usar qualquer fundo ao invés de procurar um lugar bonito para filmar. É preferível um ambiente relacionado ao tema do seu vídeo em foco do que algo aleatório e fora de foco.

Dificuldades e Desvantagens

Filmar com um fundo desfocado pode trazer vantagens, mas certamente dificultará o trabalho do cameraman. Aqui vão alguns problemas gerados pelo desfoque aos quais você deve prestar atenção:

Acertar o foco é mais difícil

Isto pode parecer óbvio para muitos, mas não é incomum escutarmos de pessoas que compram uma câmera full-frame reclamarem dias depois que “todas minhas fotos e vídeos estão fora de foco” ou “como é difícil focar com esta câmera”.

Trabalhar com menos profundidade de campo é como tentar acertar um alvo cada vez menor. Para quem nunca usou uma DSLR, o começo pode ser muito frustrante.

Excesso de luz

Como discutimos acima, um dos fatores que influenciam na profundidade de campo é a abertura da íris. Quanto mais aberta a íris, mais desfocado fica o fundo, ao mesmo tempo que entra mais luz na câmera.

Isto pode até ser uma vantagem em cenas com pouca luz, mas pode complicar o trabalho quando estamos filmando ou fotografando sob a luz do Sol.

No exemplo abaixo, detalhes do céu e praia foram completamente perdidos.

DOF---Foto-Estourada

Com a íris completamente aberta, será necessário controlar a quantidade de luz usando filtros. Comentaremos como fazer isso abaixo.

Perda de trabalho

Uma das maiores reclamações de quem grava com câmera full-frame é a quantidade de tomadas fora de foco quando começam a editar.

Como os LCDs das câmeras são muito pequenos, muitas vezes a imagem parece em foco perfeito neles. Em um monitor grande, descobre-se que a imagem está inutilizável.

Esteja preparado para perder muitas horas por causa disso!

Como Desfocar o Fundo com uma Câmera DSLR

Se você tem uma câmera DSLR, desfocar o fundo é relativamente fácil. Como já comentamos, todas as DSLRs têm um sensor grande, sendo esse o principal responsável pelo desfoque.

Por causa disso, mesmo que a única lente que você tenha seja a que veio junto da câmera (chamada de lente do kit), que normalmente são escuras (f/3.5, f4.0 ou f5.6), ainda assim será fácil conseguir esse efeito.

A dica é abrir ao máximo a íris e manter o zoom no máximo possível. Afaste a câmera até enquadrar a pessoa adequadamente e pronto!

dof-dslr

As DSLR são as melhores quando queremos controlar a profundidade de campo.

No entanto, quando fazemos isto, pode acontecer um problema: abrir a íris ao máximo deixa muita luz entrar. Se estivermos filmando uma cena externa, sob Sol forte, a imagem pode ficar excessivamente clara ou estourada.

Para resolver este efeito colateral, temos três soluções:

Baixar o ISO

A primeira é baixar o ISO para o menor valor possível, que normalmente fica entre 100 e 200 na maioria das câmeras. O ISO controla a sensibilidade do sensor, e baixá-lo têm a vantagem de deixar a imagem mais limpa, com menos ruído.

Aumentar a velocidade do obturador

Pode ser que mesmo com o menor ISO possível, ainda assim a imagem fique extremamente clara. Nesse caso, o segundo passo é aumentar a velocidade do obturador.

O obturador é uma pequena cortina de metal que controla o tempo que cada imagem fica exposta à luz.

Obturador de uma câmera DSLR em câmera lenta

Primeiro, o espelho que envia a imagem para o visor da câmera se levanta. Após isso, o obturador é acionado, e expõe o sensor pela duração desejada.

Para fotos, não há nenhum problema em deixar o obturador extremamente rápido. Valores de 1/200 segundos ou mesmo 1/1000 segundos (1 milissegundo) são normais.

Para vídeo, essa é uma solução ruim, pois a imagem tende a ficar estroboscópica. Isto ocorre por que o obturador rápido elimina o rastro de movimento, sendo ele o que dá uma sensação natural de continuidade para um vídeo.

DOF-Shutter

Um obturador muito rápido elimina rastro do movimento, deixando a imagem estroboscópica.

Para vídeos, o ideal é deixar o obturador entre 1/50 a 1/60 segundos, e usar a técnica abaixo.

Filtros de Densidade Neutra

Para evitar termos que usar o obturador muito rápido, a melhor solução é usar o filtro chamado ND, do inglês Neutral Density ou Densidade Neutra.

Este é um filtro de vidro colocado na frente da lente para diminuir a quantidade de luz entrando na câmera. É na prática um óculos escuros para a câmera.

Usando esse filtro, podemos manter a velocidade do obturador entre 1/50 ou 1/60 segundos, sendo eles os valores ideais para imagens em movimento.

Os filtros ND são vendidos em diferentes intensidades. Normalmente, recomendamos comprar um kit, que normalmente consiste de 3 a 4 filtros diferentes. Assim, poderá controlar diversas situações de luz.

tiffen kit

Outra opção um pouco mais prática é comprar um ND Variável. Neste caso, basta girar o filtro para controlar a quantidade de luz que entra na câmera.

No entanto, o ND variável é um pouco mais complexo. Por causa disso, ele muda reflexos, saturação e o contraste da cena. Apesar de ser mais prático de usá-lo, pode ser que o resultado final não seja agradável.

VariND

Como Desfocar o Fundo com uma Filmadora (Camcorder)

Com uma camcorder a tarefa de desfocar o fundo fica um pouco mais difícil, mas ainda é possível. Como não temos o sensor grande de uma DSLR, que é o fator principal de desfoque da cena, temos que utilizar os outros fatores importantes: íriszoom e distância.

O primeiro passo é descobrir na sua camcorder como abrir a íris da câmera ao máximo. Infelizmente marcas diferentes de câmeras (e às vezes até modelos diferentes da mesma marca) têm modos diferentes de ajustar essa opção. Nessa hora, o manual do usuário é o seu melhor aliado.

Menu-Vixia

A opção de ajustar a íris de uma filmadora pode estar escondida nos menus. Consulte o manual para descobrir onde está esta opção.

Após abrir a íris ao máximo, posicione a câmera o mais longe possível da pessoa a ser gravada.

Use o zoom para enquadrar da maneira correta, sempre se lembrando que quando mais zoom, mais desfoque.

No entanto, quanto mais zoom, menos perspectiva terá a imagem. Isso significa que as pessoas começam a parecer menos tridimensionais. Normalmente não é um grande problema, mas vale a pena fazer testes.

dof-filmadora

Com uma filmadora, o segredo é afastar-se o máximo possível. Por isso é mais fácil obter esse efeito em locais abertos ou amplos.

Qual distância é suficiente?

É difícil dizer isso por causa da ampla diferença das filmadoras, mas poderão ser necessários de 5 a até mais de 10 metros entre a câmera e a pessoa gravada para conseguir o efeito desejado.

ALERTA MÁXIMO
Seja qual for a sua filmadora, NUNCA use o zoom digital. Esse recurso diminui consideravelmente a qualidade da imagem e deve ser desligado sempre que possível. Consulte o manual da sua câmera para descobrir como fazer isso.

É Possível Desfocar o Fundo com um Celular?

Devido ao tamanho minúsculo do sensor de um smartphone, é muito difícil criar um fundo desfocado com seu celular.

Mas existem algumas situações onde é possível SIM criar um desfoque considerável, são elas:

1 – Para fotografias, existem como o Camera do próprio Google e o aplicativo Background Defocus para o Sony Xperia que geram um desfoque sintético. Em ambos os aplicativos, eles tiram 2 ou mais fotos para gerar a foto com pouca profundidade de campo.

No geral, estes aplicativos para desfocar o fundo da foto nem sempre funcionam bem, mas não custa tentar. Além disso, a necessidade de tirar múltiplas fotos da mesma cena impede que eles possam ser usados em vídeos.

2 – Para fotos ou vídeos macro (objetos muito próximos à lente), é possível focalizar no objeto próximo deixando o fundo fora de foco ou vice-versa.

DOF-Macro

Trapaceando usando um chroma-key

Uma maneira de trapacear na hora de desfocar o fundo é gravar o seu vídeo com chroma-key e juntar com um fundo desfocado.

Para isso, basta gravar a pessoa contra um fundo verde e gravar qualquer fundo que quiser (ou até baixar um fundo online).

Se o fundo já estiver fora de foco, é só juntar as duas imagens só seu software de edição. Se o fundo não estiver fora de foco, você pode usar uma ferramenta de desfoque, chamada blur, que existe em qualquer software editor de vídeo.

exemplo_chromakey

Simulador de Profundidade de Campo

Para entender como os 4 fatores funcionam, o melhor mesmo é pegar sua câmera e praticar. No entanto, caso você não possua uma câmera DSLR (que é a mais fácil de conseguir esse efeito), uma alternativa é esse simulador online de profundidade de campo.

Brinque com ele alguns minutos. É um modo prático e interessante para entender a relação que existe entre a câmera, lente e a distância da pessoa gravada.

Simulador de Profundidade de Campo

2015-08-05_13-04-27

Para os Avançados: Qualidade do Desfoque

Quando você já estiver se sentindo confortável em criar os desfoques com a câmera e lente que você já tem, pode ser a hora de começar a experimentar com outras lentes.

Não só é possível obter mais desfoque com lentes “mais rápidas”, ou seja, com uma íris que abre mais (ex.: uma Canon 50mm f/1.8 ou uma Panasonic 20mm f/1.7) mas é interessante que o desenho da íris de cada lente resulta num desfoque diferente. É o que chamamos de Bokeh.

Existem íris perfeitamente redondas, íris hexagonais, heptagonais, octogonais, até triangulares ou em forma de estrela.

A forma da íris somada às qualidades da parte de vidro da lente, resultam em efeitos diferentes no desfoque, principalmente em pontos luminosos.

DOF-Hearts

 

Variando o desenho do diafragma, cada Bokeh resulta num desenho diferente. É possível inclusive usar elementos personalizados para criar visuais únicos, como este fundo de corações.

Conclusão

O desfoque do fundo é um efeito bacana que adiciona valor à sua imagem, mas deve ser usado com cuidado e parcimônia.

Em excesso, pode atrapalhar mais do que ajudar, principalmente caso erre o foco. Nesse caso, precisará gravar tudo novamente.

Como sempre, o melhor é pegar sua câmera e experimentar! Assim, ganhará prática e ao mesmo tempo desenvolverá a identidade estética que fará parte dos seus vídeos.

31 respostas
  1. Átila
    Átila says:

    Ótimo artigo! Parabéns!
    Há cinco dias comprei uma Canon Power Shot SX 60 HS. É possível fazer vídeos com o fundo desfocado com ela?
    Comprei pensando que sim. Do contrário, ainda posso trocar. Nesse caso, qual você recomendaria?
    Valeu!

    Responder
  2. Marcelo
    Marcelo says:

    Olá;
    Muito obrigado pelo excelente post aqui. Veja se podem me ajudar.
    Tenho uma Canon T3 e estou querendo desfocar o fundo para filmagem, mas ela não me permite ajustar a abertura no modo filme. Consultei o manual e ele informa que “ISO speed, shutter speed, and aperture are set automatically”. Ë isto mesmo?
    Obrigado

    Responder
  3. Marcel
    Marcel says:

    Olá, este artigo foi muito esclarecedor e didático;
    Tenho uma pequena duvida ; é possivel desfocar o fundo usando a t5i da canon
    ou a filmadora que voces indicaram como a vixia HF R500 ?

    Responder
  4. Edilson FRANCIONI
    Edilson FRANCIONI says:

    Artigo interessante. Faltou mencionar um detalhe: pelo que entendi, o filtro com ND variável seria um acessório composto de um conjunto de 2 polarizadores – motivo pelo qual a modificação na sua transparência implicaria variações nos reflexos. Estou correto?

    Responder
  5. ednelson montalvão
    ednelson montalvão says:

    Olá
    Ivan/Rafael
    Perfeitas as explicações, claras, simples e objetivas.
    Ja conhecia estas tecnicas, mas alguns detalhes nas explicações, esclareceram outros pontos.
    Ednelson

    Responder
  6. Rosangela Brandão de Souza
    Rosangela Brandão de Souza says:

    Só podia ser você(s) de novo! Todas vez que encontro um material bom, volta e meia, é feito por vocês. Muito me ajuda, o que você(s) compartilham. Muito obrigado. Torço por você(s).
    Abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *